Área do Aluno

Cálculos indicam que a Bíblia está certa

03/09/2013

Terá tomou seu filho Abrão (...) e juntos partiram de Ur dos caldeus para Canaã. Gênesis 11:31

Abrão viveu há mais ou menos quatro mil anos e trabalhava pastoreando ovelhas, mas não era uma pessoa sem estudos. Em Ur, cidade onde cresceu, os meninos iam a escola e aprendiam a ler, escrever e fazer contas. Tipo, eles tinham de calcular quantos gurs de grão cresciam em 4.325 bur de terreno. (Dica: um bur é equivalente a 63 m² e produz 30 gurs - 9.000  litros - de cevada.) Entendeu? Não? Bom, Abrão teve de aprender isso.

Você acha que matemática é difícil? É melhor acostumar-se com isso. Os garotos de hoje não têm de fazer contas com gurs e burs de Ur, mas ainda há muita multiplicação, divisão frações e decimais para aprender. Você pode até perguntar: "Mas por que estudar matemática? Para que eu preciso aprender isso". É como perguntar: " por que eu preciso estudar a Bíblia? Como isso vai me ajudar?".

Você precisa entender matemática para poder calcular quanto dinheiro deve economizar ou para conferir seu troco em uma loja. Você precisa conhecer matemática quando estiver medindo tábuas para construir uma casa na árvore. Você precisa de matemática para um monte de coisas no seu dia a dia. E com a Bíblia é a mesma coisa. Assim como a matemática, muitas vezes pode parecer teórico e difícil, mas aprender como Deus quer que você viva e como tratar os outros é algo bem prático.

Desde o tempo que Abrão era um garoto na velha Ur, crianças aprendem tanto matemática quanto as Escrituras. Não podemos viver sem nenhuma das duas.

 

Tiago Simas - Redação CEApostólico
 

< mais notícias